sábado, 8 de dezembro de 2012


Este fim de semana, teremos em nossa Paróquia a Grande Festa de Santa Luzia.

Programação da Festa:

Dia 08/12
19:00 horas - Missa com Benção da Família
20:00 horas - Macarronada - Churrasco

Dia 09/12
10:00 horas - Missa Festiva
12:00 horas - Almoço - Churrasco
14:00 horas - Bingão - Vários Prêmios

Venha participar conosco.
SHALOM!!!

terça-feira, 6 de novembro de 2012

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Conheça o tema e a arte da RCC para 2013


A Renovação Carismática Católica do Brasil já tem o tema que norteará suas atividades durante o ano de 2013: “Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé”. Este versículo está na primeira carta de São João, capítulo 5, versículo 4b. Tal temática foi discernida pelo Conselho Nacional como forma de incentivar o Movimento a vivenciar de forma intensa a proposta do Ano da Fé, que será aberto pelo Papa Bento XVI nesta quinta-feira, dia 11 de outubro, como comemoração ao 50º aniversário do início do Concílio Vaticano II.
O tema também é um convite ao vivo e autêntico testemunho cristão, buscando incentivar cada carismático a exercer a militância apostólica e a combatividade profética em suas realidades. Dessa forma, a arte que ilustra essa temática evidencia a cruz, principal símbolo da nossa fé.
Tema de carnaval
A temática para os encontros de carnaval 2013 também já foi escolhida pelo Conselho Nacional e será “Se creres, verás a glória de Deus” (Jo 11,40)
Fonte: RCC Brasil


quarta-feira, 10 de outubro de 2012

9 perguntas sobre o Ano da Fé




BRASILIA, segunda-feira, 01 de outubro de 2012 (ZENIT.org) - No próximo dia 11 de outubro começará o Ano da Fé, convocado por Bento XVI. Mas de que se trata? O que deseja o Santo Padre? O que se pode fazer? A 10 dias do início, respostas às perguntas que surgem.
 




1. O que é o Ano da Fé?
 
O Ano da Fé "é um convite para uma autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo" (Porta Fidei, 6).
 
2. Quando se inicia e quando termina?

Inicia-se a 11 de outubro de 2012 e terminará a 24 de novembro de 2013.
 
3. Por que nessas datas?

Em 11 de outubro coincidem dois aniversários: o 50º aniversário da abertura do Concílio Vaticano II e o 20º aniversário da promulgação do Catecismo da Igreja Católica. O encerramento, em 24 de novembro, será a solenidade de Cristo Rei.
 
4. Por que é que o Papa convocou este ano?"

Enquanto que no passado era possível reconhecer um tecido cultural unitário, amplamente compartilhado no seu apelo aos conteúdos da fé e aos valores por ela inspirados, hoje parece que já não é assim em grandes setores da sociedade, devido a uma profunda crise de fé que atingiu muitas pessoas". Por isso, o Papa convida para uma "autêntica e renovada conversão ao Senhor, único Salvador do mundo". O objetivo principal deste ano é que cada cristão "possa redescobrir o caminho da fé para fazer brilhar, com evidência sempre maior, a alegria e o renovado entusiasmo do encontro com Cristo".
 
5. Quais meios assinalou o Santo Padre?

Como expos no Motu Proprio "Porta Fidei": Intensificar a celebração da fé na liturgia, especialmente na Eucaristia; dar testemunho da própria fé; e redescobrir os conteúdos da própria fé, expostos principalmente no Catecismo.
 
6. Onde terá lugar?

Como disse Bento XVI, o alcance será universal. "Teremos oportunidade de confessar a fé no Senhor Ressuscitado nas nossas catedrais e nas igrejas do mundo inteiro, nas nossas casas e no meio das nossas famílias, para que cada um sinta fortemente a exigência de conhecer melhor e de transmitir às gerações futuras a fé de sempre. Neste Ano, tanto as comunidades religiosas como as comunidades paroquiais e todas as realidades eclesiais, antigas e novas, encontrarão forma de fazer publicamente profissão do Credo".
 
7. Onde encontrar indicações mais precisas?

Numa nota publicada pela Congregação para a doutrina da fé.
 
Aí se propõe, por exemplo:
 
- Encorajar as peregrinações dos fiéis à Sede de Pedro;
- Organizar peregrinações, celebrações e reuniões nos principais Santuários.
- Realizar simpósios, congressos e reuniões que favoreçam o conhecimento dos conteúdos da doutrina da Igreja Católica e mantenham aberto o diálogo entre fé e razão.
- Ler ou reler os principais documentos do Concílio Vaticano II.
- Acolher com maior atenção as homilias, catequeses, discursos e outras intervenções do Santo Padre.
- Promover transmissões televisivas ou radiofônicas, filmes e publicações, inclusive a nível popular, acessíveis a um público amplo, sobre o tema da fé.
- Dar a conhecer os santos de cada território, autênticos testemunhos de fé.
- Fomentar o apreço pelo patrimônio artístico religioso.
- Preparar e divulgar material de caráter apologético para ajudar os fiéis a resolver as suas dúvidas.
- Eventos catequéticos para jovens que transmitam a beleza da fé.
- Aproximar-se com maior fé e frequência do sacramento da Penitência.
- Usar nas escolas ou colégios o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica.
- Organizar grupos de leitura do Catecismo e promover a sua difusão e venda.
 
8. Que documentos posso ler por agora?

- O motu proprio de Bento XVI "Porta Fidei"
- A nota com indicações pastorais para o Ano da Fé
- O Catecismo da Igreja Católica
- 40 resumos sobre a fé cristã
 
9. Onde posso obter mais informação?

Visite o site annusfidei.va


Fonte: http://www.diocesedeblumenau.org.br/detalhe_00500.php?cod_select=4758&cod_002=5

terça-feira, 3 de julho de 2012

quinta-feira, 24 de maio de 2012

O que é a Festa de Pentecostes?

Pentecostes era uma festa de grande alegria e ação de graças para os judeus por celebrar a colheita do trigo. Vinha gente de todas as partes: judeus saudosos que voltavam a Jerusalém, trazendo também pagãos amigos e prosélitos. Quando também eram oferecidas as primícias das colheitas no templo. Era também chamada "festa das sete semanas" por ser comemorada sete semanas depois da festa da Páscoa, no quinquagésimo dia. Daí o nome Pentecostes, que significa "quinquagésimo dia".

No primeiro Pentecostes depois da Morte de Jesus, cinquenta dias depois da Páscoa, o Espírito Santo desceu sobre a comunidade cristã de Jerusalém na forma de línguas de fogo; todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas (cf. At 2,1-4). As primícias da colheita aconteceram naquele dia, pois foram muitos os que se converteram e foram recolhidos para o Reino de Deus.

Quem é o Espírito Santo?

O Prometido por Jesus: "[...] ordenou-lhes que não se afastassem de Jerusalém, mas que esperassem a realização da promessa do Pai, a qual, disse Ele, ouvistes da minha boca: João batizou com água; vós, porém, sereis batizados com o Espírito Santo dentro de poucos dias" (At 1,4-5).

Espírito, que procede do Pai e do Filho: "Quando vier o Paráclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade que vem do Pai, Ele dará testemunho de mim e vós também dareis testemunho [...]" (Jo 15 26-27). O Espírito Santo é Deus com o Pai e com o Filho. Sua presença traz consigo o Filho e o Pai. Por Ele somos filhos no Filho e estamos em comunhão com o Pai.


Fonte: http://wiki.cancaonova.com/index.php/Pentecostes

terça-feira, 24 de abril de 2012

Uma nova maneira de Evangelizar

Minha esposa Pâmela e eu, participamos do encontro promovido pelo Movimento de Irmãos SHALOM, nossa que benção.
Recomendamos a todos os casais.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Ele Vive, e Seu amor é D+

Meu irmão, minha irmã...

Deus no infinito de Sua bondade e Misericórdia nos dá a cada dia, uma oportunidade de sermos pessoas melhores, isso nós já sabemos, escutamos com muita frequência, em nossos grupos de oração, encontros.
O que acontece é que parece que esquecemos dessa mensagem tantas vezes lembrada, sendo assim Ele não se cansa em nos enviar sinais de Seu amor incondicional e imutável por cada um de nós.
Acredite, não é papo, nem conto de fadas. É verdade, eu creio e você?
A Palavra de Deus nos fale que:
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo
aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3, 16"
Passamos a poucos dias a quaresma...estamos vivendo o a ressurreição. Sejamos então crentes no amor de DEUS, para que sejamos cada vez mais felizes!
DEUS QUER VOCÊ SORRINDO.

Fique com Paz, Deus te ama!!!

Seu irmão
Maurício José

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Semana Santa


Em Santidade
(Adoração e Vida)

Refrão:
Em santidade, em santidade, em santidade, sobre a terra eu devo andar
Em santidade, em santidade, em santidade, tua graça posso alcançar
E romper com as trevas

Como posso eu querer
Que a bênção venha sobre minha casa
Como posso esperar
Que meus sonhos e meus planos aconteçam

Como irei compreender
Se minha vida passa longe da verdade que eu ouvi
E os meus passos já não tocam, os caminhos que aprendi
Meu argumento, me empobrece e me faz pensar assim

Que estou tão certo, e é perfeito o meu jeito de servir
Digo que amo minha igreja e o chamado que atendi
Mas ja nao ouço os conselhos e a palavra que há em mim
Sonho que um dia a boa nova se espalhe até os confins

Mas sem Santidade
Sem fidelidade
Toda obra ruma ao fim

Refrão:
Em santidade, em santidade, em santidade, sobre a terra eu devo andar
Em santidade, em santidade, em santidade, tua graça posso alcançar
E romper com as trevas

Como posso eu querer
Que a bênção venha sobre minha casa
Como posso esperar
Que meus sonhos e meus planos aconteçam

Quando irei compreender?

**********************************

Que possamos viver a semana santa, em santidade.

Nossa Senhora das Dores, rogai por nós.

terça-feira, 20 de março de 2012

Cura Senhor Onde Dói


Nestes dias de tribulação que passa o mundo, é necessário que nós filhos de Deus nos apeguemos a Jesus e a sua Divina Presença no meio de nós, confiar a Ele nossas dores e dúvidas para que, por Sua graça e intercessão junto ao Pai nós sejamos curados.
Este é um período bem propício para buscarmos o exemplo de Jesus, desde Jesus Humano que clama a libertação da Cruz mas que se coloca à disposição do Pai para que se cumpra o que era necessário a libertação do mundo, ao Jesus Divino que cumpre até o fim a vontade de DEUS Pai, e não cumpre simplesmente por cumprir, cumpre por amor, ao Pai e a todos nós.
Lembre que a salvação é para todos e não são nossos pecados que nos privam da Graça, pois Deus não ama nossos pecados, mas ele nos ama...e deixou a Igreja Santa e Católica para nos ajudar nessa caminhada rumo a Graça, pelo Sacramento da Reconciliação (Confissão).
Todo pecado confessado é perdoado se em nosso coração houver um sincero arrependimento e uma vontade de não mais pecar.
Cada queda é um aprendizado, cada dia uma página virada do nosso livro, e como diz Santo Agostinho, "Ter fé é assinar uma folha em branco e deixar DEUS escrever nela o que ele Quiser". Devemos crer, ter né, se arrepender dos nossos erros, e principalmente dar livre acesso a Jesus em nossas vidas, para que ao estarmos sob sua luz reveladora da verdade, cheguemos cada dia mais perto da Graça de DEUS.
Vou enfaixar tuas chagas e curar tuas feridas - oráculo do Senhor. (Jer.30,17). Veja irmão e irmã é vontade do Senhor que sejamos curados pelo seu amor, devemos deixar Deus tocar em nossas vidas, com sua unção de cura, nos sarar, assim sarados pela ação de DEUS, devemos espalhar a boa nova da salvação. Em todos os lugares e a todas as pessoas.

Cura Senhor Onde Dói!!!

Deus abençoe a todos.

Seu irmão,
Maurício José

quinta-feira, 1 de março de 2012

“A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna” (Jo 6,68)

“A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna” (Jo 6,68)

Jesus falava do Reino de Deus às multidões que acorriam. Fazia isso com palavras simples, com parábolas tiradas do dia a dia. E, no entanto, o seu falar exercia um fascínio especial. O povo se encantava com o seu ensinamento, porque ele ensinava como quem tem autoridade, não como os escribas. Inclusive os guardas enviados para prendê-lo, ao serem questionados pelos sumos sacerdotes e pelos fariseus por não terem cumprido as ordens, responderam: “Ninguém jamais falou como este homem” (Jo 7,46).
O Evangelho de João nos apresenta também luminosos diálogos individuais, com pessoas como Nicodemos ou a samaritana. Com os seus apóstolos, Jesus vai ainda mais em profundidade: fala abertamente do Pai e das coisas do Céu, não mais recorrendo a figuras; eles sentem-se conquistados, e não voltam atrás nem mesmo quando não compreendem completamente as suas palavras, ou quando elas parecem ser exigentes demais.
“Esta palavra é dura” (Jo 6,60), responderam-lhe alguns discípulos quando o ouviram dizer que lhes daria o seu corpo para comer e o seu sangue para beber.
Jesus, vendo que os discípulos se retiravam e não iam mais com ele, dirigiu-se aos doze Apóstolos: “Vós também quereis ir embora?” (Jo 6,67)
Pedro, que já se sentia vinculado a Jesus para sempre, fascinado pelas palavras que tinha ouvido pronunciar por Ele desde o dia em que o encontrara, respondeu em nome de todos:“A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna.”
Pedro tinha entendido que as palavras do seu Mestre eram diferentes das palavras dos outros mestres. As palavras que vão da terra para a terra pertencem à terra e têm o destino da terra. As palavras de Jesus são espírito e vida porque vêm do Céu. Elas são uma luz que desce do Alto e tem a potência do Alto. As suas palavras possuem uma densidade e uma profundidade que as outras palavras não têm, sejam elas de filósofos, de políticos, ou de poetas. São “palavras de vida eterna” (Jo 6,68) porque contêm, expressam e transmitem a plenitude daquela vida que não tem fim, porque é a própria vida de Deus.
Jesus ressuscitou e vive. E as suas palavras, embora pronunciadas no passado, não são uma simples recordação, mas são palavras que Ele dirige hoje a todos nós e a cada pessoa de todos os tempos e de todas as culturas. São palavras universais, eternas.
As palavras de Jesus! Devem ter sido a sua maior arte, se assim pudermos dizer. O Verbo, falando com palavras humanas: que conteúdo, que intensidade, que inflexão, que voz!
“Um dia – conta-nos, por exemplo, Basílio Magno (330-379, bispo de Cesareia, um dos grandes Padres da Igreja) – como que despertando de um longo sono, olhei a luz maravilhosa da verdade do Evangelho e descobri a vaidade da sabedoria dos príncipes deste mundo.” (Ep. CCXXIII, 2)
Teresinha do Menino Jesus escreve, numa carta de 9 de maio de 1897: “Às vezes, quando leio certos tratados espirituais… o meu pobre e pequeno espírito não demora em se cansar. Fecho o livro dos sábios, que despedaça a minha cabeça e resseca o meu coração, e tomo em mãos a Sagrada Escritura. Então, tudo se torna luminoso para mim; uma só palavra descortina horizontes infinitos à minha alma e a perfeição me parece fácil” (Lettera 202; Scritti, Postulação Geral dos Carmelitas Descalços, Roma 1967, p. 734).
Sim, as palavras divinas saciam o espírito, feito para o infinito; iluminam interiormente não só a mente, mas todo o ser, porque são luz, amor e vida. Elas dão a paz – aquela que Jesus define sua: “a minha paz” – inclusive nos momentos de inquietação e de angústia. Dão alegria plena, mesmo em meio à dor que por vezes atormenta a alma. Dão força, sobretudo quando sobrevém a perplexidade e quando nos desencorajamos. Libertam, porque abrem o caminho da Verdade.
“A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna.”
A frase deste mês lembra-nos que o único Mestre que queremos seguir é Jesus, mesmo quando as suas palavras podem parecer duras ou exigentes demais: ser honesto no trabalho; perdoar; preferir colocar-se a serviço do outro em vez de pensar de modo egoísta em si mesmo; permanecer fiel na vida familiar; assistir um doente terminal sem ceder à ideia da eutanásia…
São muitos os mestres que nos induzem a adotar soluções fáceis, a fazer concessões. Queremos escutar o único Mestre e segui-lo, a Ele, o único que diz a verdade, que tem “palavras de vida eterna”. Assim também nós podemos repetir essas palavras de Pedro.
Neste período de Quaresma, em que nos preparamos para a grande festa da Ressurreição, devemos colocar-nos efetivamente na escola do único Mestre e tornar-nos seus discípulos. Também em nós deve nascer um amor apaixonado pela Palavra de Deus. Vamos acolhê-la com atenção quando for proclamada nas igrejas; vamos ler a Palavra, estudá-la, meditá-la…
Mas nós somos chamados, sobretudo, a vivê-la, de acordo com o ensinamento da Escritura: “Todavia, sede praticantes da Palavra, e não meros ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” (Tg 1,22). É por isso que nós, a cada mês, consideramos uma Palavra em especial, deixando que ela nos penetre, nos modele, “seja ela a viver em nós”. Vivendo uma Palavra de Jesus, vivemos todo o Evangelho, porque em cada uma de suas Palavras Ele se doa inteiramente, é Ele mesmo que vem viver em nós. É como se uma gota de sabedoria divina Dele, do Ressuscitado, lentamente fosse escavando-nos por dentro e substituindo o nosso modo de pensar, de querer, de agir em todas as circunstâncias da vida.








Chiara Lubich
Esta Palavra de Vida foi publicada
originalmente em março de 2003.

Chiara Lubich com o Papa João Paulo II (Imagem da Internet)

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Tempo de Reflexão


Estamos na quaresma e este é um tempo perfeito para refletirmos, sobre tudo que estamos vivendo, tempo de parar, repensar, tempo de se converter a Cristo Jesus como Nosso Senhor e Salvador.
Neste contexto, voltemos nossa lembrança para a quarta-feira de cinzas onde ao recebê-las o sacerdote nos fala "Convertei-vos e crede no Evangelho." (Marcos 1,15) .
Fiquei com essas palavras na minha cabeça, recordando-me da minha caminhada, dos momentos, em que já havia vivido ao lado do Senhor. Nesta reflexão pude comprovar o que já sentia e sabia em meu coração que temos de buscar a graça da conversão “todos os dias”, como diz a antiga canção...sem cessar sem parar sem vacilar...
Procurando na palavra de Deus vimos que Jesus nos fala mais:
"Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo; fazei penitência e crede no Evangelho." (Marcos 1, 15)
Jesus nos faz um alerta para que fiquemos atentos aos que esta por vir e ao seu exemplo de preparação de 40 dias façamos nesta quaresma a experiência de vencer as tentações e aflições que nos são impostas, não é tarefa fácil, mas o caminho para a salvação é a Cruz de Nosso Senhor Jesus, Ele é o exemplo a ser seguido.
Busquemos humildemente a reconciliação de nossas iniqüidades com o sacramento da Confissão.
As forças que o jejum e a oração nos proporcionam para vencer com Jesus e para Jesus.
Mesmo que seja difícil em certo momento, não desistamos jamais, Jesus não desistiu e nenhum de nós, e por suas chagas fomos curados.
Que possamos tomar posse desta cura para nossas vidas e que vivamos aqui na terra aquilo que Deus quer de nós.
“Dirás a toda a assembléia de Israel o seguinte: sede santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou santo.(Levítico 19, 2)
Busquemos ser santos e cumprir a vontade de Deus em nossas vidas, e só conseguiremos se nos unirmos a Ele na comunhão e na observação de seus preceitos.
Que Deus abençoe a nós todos e nos de força e graça para sermos filhos diletos de seu coração.

Seu irmão,
Maurício José
Grupo de Oração Discípulos de Emaús

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Dica de Carnaval com Cristo galerinha!!!



Vamos deixar as coisas mundanas de lado irmãos e irmãs, busquemos as coisas do alto, no carnaval vamos louvar ao Senhor neste encontro de Carnaval Cristão, vai ser muito legal!!!

Mais informações acesse: http://www.comunidadeamoreterno.com.br/

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Venha para a Igreja



Venha participar conosco do 2º dia da Novena Suplicando o poder das Mãos Ensanguentadas de Jesus, e receba a graça que Deus tem reservada para você!!!

A gente se reúne à partir das 19h30m na Paróquia Santa Luzia - Machados - Navegantes - SC.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Recomendo



Amados de Deus essa postagem é para recomendar o site da Comunidade Amor Eterno que também é da rádio Amor Eterno, é uma benção...acesse e confira!!!

Acesse: www.comunidadeamoreterno.com.br

Deus abençoe!!!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Eis a resposta de Deus a mim:


Segunda-Feira, 23 de janeiro 2012
Que angústia você traz no coração?
Tendo Jesus navegado outra vez para a margem oposta, de novo afluiu a Ele uma grande multidão. Ele se achava à beira do caminho, quando um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo, se apresentou à sua vista e lançou-se-lhe aos pés, rogando-lhe com insistência: ‘Minha filhinha está nas últimas. Vem. Impõe-lhe as mãos para que se salve e viva’. Jesus foi com ele, e grande multidão O seguia, comprimindo-O (Mc 5,24).

Jairo estava com o coração na mão. A vida de sua filha se esvaía, e ele, preocupado, angustiado, sem solução humana, percebeu que Jesus poderia ajudá-lo.

Que angústia você traz no coração? Que peso carrega em sua alma? Que preocupação, fardo o acompanha? É algo seu, pessoal? É seu casamento, namoro? Ou o trabalho? É uma pessoa querida? Seu filho, sua filha? Seu marido, sua esposa? Seus pais? Qual é o problema? É um vício? Você está em situação de conflito?

Cada um de nós é Jairo que recorreu a Jesus no sofrimento. Diga: “Hoje me dirijo a Ti, Senhor, com o coração na mão, com a mesma confiança, a mesma fé de Jairo. Eu ponho meus problemas, meu coração, pesado, em teu coração. E o faço porque sei que tens a solução que eu não tenho, a solução que eu busco e não encontro. Eis-me aqui, Senhor. Eu sou aquele Jairo!”

Deus o abençoe!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

(Trecho do livro "Caminho para a Santidade" de monsenhor Jonas Abib)

Fonte: http://www.cancaonova.com/portal/canais/pejonas/pejonas_msg_dia.php

Tenho certeza de uma coisa, essa mensagem é a resposta de Deus a mim, daquilo que eu dizia na postagem anterior...

Obrigado Senhor!!!

Gratidão



"Como retribuirei a Javé todo o bem que ele me fez?" (Salmo 116)

Essa é uma pergunta que pelos últimos dias tenho feito a mim mesmo, pois não existem, ações que possam servir como atos de gratidão para com o Senhor, por tudo que Ele me fez, pelas vezes que me carregou em seus braços, pelo Sangue de Jesus que foi derramado na cruz por mim...como ser grato???? como ser merecedor?????

Nestes mesmos últimos dias me sinto tão ingrato, tão injusto por tudo que ganhei de presente das mãos de meu DEUS, não me sinto só, sinto que meus pensamentos ficam sendo acompanhados o tempo todo e esta presença nem sempre é de luz, e sim trevas que me dizem...você não merece...você não é justo...

MEU DEUS TENDE PIEDADE DE MIM...

Sinto que isso tudo estão acontecendo em decorrência a atos meus...palavras minhas...gestos que me tiraram a paz e até hoje estou em busca para reencontrar...

Hoje minha gratidão se resume, em reconhecer quão mesquinho e pequeno eu sou, mas posso ser mais se assim eu quiser, e o Senhor me conceder...

Amém!!!

domingo, 22 de janeiro de 2012

Folha em Branco

Folha em Branco
Diego Fernandes

A vida segue seu rumo
Vou escrevendo minha história
A cada dia eu recebo
Uma folha em branco do Criador!
Vou escrever o hoje
Sem me preocupar com o amanhã
Sim, já passou o ontem
Só quero ficar com o que é bom!
Eu não tenho medo de tentar!
Parar! Pensar! Mudar!

Uma música que combina comigo!!!

Mudanças a vista, pois me é permitido!!!

Mudança no perfil do meu twitter...

Bom dia amigos e amigas

Quem me seguia no twitter no @mauriciorccsc agora segue @mauricionvt


Segue link:

Um fraterno abraço a todos!!!

Minha missão é evangelizar!!!

Minha missão é evangelizar!!!
Senhor... Leva-me aonde os homens necessitem Tua palavra, necessitem de força de viver onde falte a esperança onde tudo seja triste simplesmente por não saber ti...