sábado, 11 de dezembro de 2010

Somos incapazes de não julgar?

42-18913666

Somos incapazes de não julgar? Eis a questão que me intriga!

Num mundo onde todos combatem entre si, onde todos querem o seu lugar ao sol, e se há pouco sol “o meu lugar primeiro”, vivemos uma cultura onde os preconceitos, prejulgamentos predefinições, sempre estão em primeiro lugar.

Sempre me questiono na capacidade da criatura de julgar, como somos perceptíveis aos erros aos defeitos às más colocações do outro, enxergamos coisas onde não existe nada, escutamos coisas que nunca foram ditas, pela capacidade que cada um tem de julgar.

Sendo que o Criador não nos pede esse tipo de atitude, não somos juízes, Ele sim por essência e por excelência é o grande Juiz. Nem o Filho Dele julgou a criatura, pois sempre cumpriu os desígnios do PAI.

Hoje nós somos chamados a seguir o exemplo Deste que nos ensinou que para sermos mais felizes, temos que agir segundo as leis de Deus.

Conhecedores das Sagradas Escrituras que somos, hoje penso que devido a esta predestinação das criaturas, somos incapazes de não julgar...

“AHHH ESSE IRMÃO SIM...É BONITINHO, CHEROSINHO.....AHHHH AQUELE ALI NÃO...NUNCA O VI ANTES, OLHA COMO SE VESTE, OLHA O TIPO DELE”

Ligamos unicamente a criatura humana naquilo que ela nos mostra no seu exterior, sendo que o Senhor é aquele que perscruta os corações e age no íntimo de cada ser.

Em tempos onde valores éticos e morais decaíram de forma assombrosa, cabem a nós filhos de Deus, Sentinelas da manhã, ficarmos alertas. E nos policiarmos a nós mesmos, será que por que conhecemos algo da Graça Divina não nos “achamos” similares ao Criador na sua condição de Juiz?

Em minha pequenez e em minhas orações tenho pedido ao Senhor que me ajude a não julgar, e sim a cumprir o que nos pede em sua Palavra:

“Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo”. João 15, 12

Veja irmão (ã) o Senhor nos pede que nos amemos, e não nos julguemos, pois se assim o fizermos seremos felizes. E pede mais, para que nos amemos assim como Ele nos ama, um amor Ágape (Amor Divino) pleno, sem querer nada em troca, sem julgamentos nem predeterminações, amar por que é bom, e por que nosso chamado maior é o AMOR.

E se ainda não vivemos esta felicidade por completo é por que nos apegamos naquilo que está na superfície do ser humano e quando deixarmos estas ações de lado, veremos sim o Cristo em cada irmão.

Sei que pela oração tudo pode ser mudado, inclusive esta incapacidade de não julgar...

Nesta convicção irmão (ã) vamos juntos clamar pelo mundo em que vivemos a graça o dom do AMOR, pois pelo AMOR, encontramos tudo aquilo é bom, e se bom de verdade...vem do PAI!

V Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Senhor, humildemente te pedimos, derrame sobre nós a graça maior do Santo Espírito, o Amor, que por este amor, sejamos levados a ser aqui na terra aquilo que é da tua vontade, Senhor que eu veja com teus olhos, que eu fale como me ensinas na palavra, daí-nos a capacidade de ser a criatura que tu queres que sejamos”

Pai nosso... Ave Maria....

Amém

Postada no blog: http://www.sentinelasemsc.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha missão é evangelizar!!!

Minha missão é evangelizar!!!
Senhor... Leva-me aonde os homens necessitem Tua palavra, necessitem de força de viver onde falte a esperança onde tudo seja triste simplesmente por não saber ti...